MAGNETOTERAPIA

   Uma ciência perdida no passado, redescoberta para o futuro


 Histórico


    Há cinco mil anos, os chineses descobriram a bússola usando a força magnética, o que abriu todo um universo no campo dos descobrimentos e exploração do planeta. Os imãs são usados há mais de 3000 anos  para a recuperação das mais diversas doenças. Em 1.000 AC, o médico persa Halos Babe já descrevia o uso da energia magnética para curar paralisias e hérnias.

   Plínio usava-os para acalmar crises de ciática. Gilbert para doenças dos nervos, histerias e para eliminar a dor. Paracelcius e Hipocrates utilizavam com muita frequência magnetos em suas terapias, e as descreviam com ótimos resultados. As medicinas tradicionais japonesa e indiana usam há séculos, pois é uma forma econômica, durável e eficiente de cura.

   A cada dia que passa verificamos que muitas doenças do homem moderno resultam da sua distância da natureza, para a qual ele foi criado para viver. Com as modernas pesquisas no campo de energias mais sutis, como raios cósmicos, energias telúricas, campos eletromagnéticos, correntes hertezianas, e a consequente evolução tecnológica, passamos a ser submetidos a energias que sutilmente nos desequilibram no dia a dia, produzindo doenças como stress, tensão, asma bronquica, artrites, artroses, doenças cardíacas, diabetes, úlceras, hipertensão, neurastenia, enfim, doenças que têm como causa fatores ainda não plenamente definidos pela medicina oficial.

   Cientistas de todo o mundo estão pesquisando essa nova ciência chamada FÍSICA MICROVIBRATORIA, que permite detectar variações sutis da bioeletricidade, de ondas e correntes geomagnética, que são responsáveis, causa primordial das doenças, devido a produzirem desequilíbrios na harmonia natural de nosso corpo. Como raramente andamos descalços não descarregarmos as cargas de energia a que somos submetidos. Elas acumulam-se em nosso corpo produzindo desarmonia em órgãos e sistemas, gerando doenças.

   Cerca de 75% das pessoas são sensíveis a estas variações de energia, o que resulta no grande número de pessoas com algum tipo de afecção. A energia magnética surge como uma forma de termos de volta, o equilíbrio perdido de uma maneira rápida, eficiente e segura.

Bio Magnetismo

   O homem é formado por um sistema eletroquímico que produz alterações elétricas em suas células, produzindo, em consequência o eletromagnetismo. Nosso planeta é um gigantesco imã com pólos magnéticos fortes o suficiente para, em qualquer ponto do planeta, uma bússola "sentir" esse magnetismo e apontar para o norte. As alterações produzem mudanças bioquímicas e bioelétricas em nosso organismo, gerando desequilíbrios que, a terapia com magnetos pode ajudar a reequilibrar.

   O magnetismo pode ser benéfico para seres humanos, animais e plantas. Países como a Índia, Japão, Austrália, Rússia, China, França usam intensamente a magnetoterapia como forma auxiliar no tratamento de todas as doenças.

Generalidades

   Pesquisas feitas pela NASA mostram que determinados metais usados em mísseis e naves espaciais, que são submetidos ao magnetismo, se tornam extremamente resistentes ao calor. Água magnetizada usada para a mistura com cimento, faz com que o concreto se torne 15% mais duro que o feito com água normal. Plantas regadas com água magnetizada crescem mais rapidamente, dão mais frutos e raramente são acometidas de doenças ou pragas.Essa água diminui os depósitos de cálcio, cal, óxido, ferro de caldeiras, caixas d água, radiadores.

   Por causa dessas experiências, os russos no Hospital Militar de Leningrado começaram a dar água magnetizada aos pacientes que tinham pedras renais e vesiculares, e observaram que no período de 3 a 4 meses, as mesmas dissolviam-se.

Terapias e Tratamentos

   A terapia magnética pode ser feita de três maneiras diferentes: Aplicações unipolares, Aplicaçoes bipolares e Agua magnetizada.

1-APLICAÇOES UNIPOLARES - são as aplicações onde se usam um polo de cada vez, ou o polo NORTE ou o polo SUL. Polo Norte é usado para DORES, INFECÇÕES, SEDAÇÃO, VASOCONSTRIÇÃO. Funciona como bolsa de água fria.Traumas recentes, dores de cabeça, enxaquecas, doenças dos olhos:conjuntivite, miopia, glaucoma, catarata; doenças dos ouvidos:otites, dores reumatismos, artroses, bursite, dor nos joelhos, lombalgias, hematomas, contusões, entorses, úlceras ou ferimentos infectados. Acne, furúnculos, sinovites, tumores, má digestão, úlceras varicosas; doenças da próstata, cistos sinoviais do punho.

   Para essas doenças aplique o lado NORTE diretamente sobre a pele, várias vezes ao dia, pelo tempo de 15 a 20 minutos. Polo Sul - é usado para REGENERAÇÃO DOS TECIDOS, TONIFICAÇAO, CICATRIZAÇAO OU VASODILATAÇAO. Funciona como bolsa de água quente. É indicado em todos os casos acima indicados, para o polo Norte, APÓS cessar a fase aguda, isto é, quando melhorar as dores e a inflamação. Cicatrização das úlceras,ferimentos ou incisões cirúrgicas. NÃO usar o SUL para CÂNCER E INFECÇÕES.

   Em caso de dúvida, coloque primeiro o NORTE e observe os resultados durante um período de até 12 horas. Caso ocorrer piora ou então não houver reações, aplique o outro polo. 2-APLICAÇÕES BIPOLARES- são usados simultaneamente os dois pólos, para: afecções de grandes áreas do corpo, distúrbios metabólicos, equilíbrio bio-energético, emagrecimento, prevenção de doenças. Durante a sessão, a pessoa deve sentar-se com o lado direito do corpo para a direção Norte, ou se estiver deitada, com a cabeça para o Norte.

   A sessão pode durar de 5 a 30 minutos, de acordo com a sensibilidade individual, e a gravidade da doença. Convém iniciar com 5 minutos e aumentar diariamente mais cinco minutos, até atingir o total de 30 minutos. Coloque a palma da MÃO DIREITA sobre o POLO NORTE e a MÃO ESQUERDA sobre o POLO SUL para tratar afeccções da metade superior do corpo. Para afecções da metade inferior do corpo, use: PÉ DIREITO sobre o POLO NORTE e o PÉ ESQUERDO sobre o POLO SUL.

Água Magnetizada  

   É indicada para: manter o bio-equilíbrio geral, desintoxicações, tratamento de grandes áreas do corpo afetadas. Uso em planta e animais - preparo: Coloque uma garrafa de água sobre o POLO NORTE de uma de suas placas magnéticas, e uma outra garrafa sobre o POLO SUL, deixando as garrafas em cima das placas continuamente, para mantê-las magnetizadas. Após 30 minutos já estarão prontas para uso.

   Coloque meio copo de cada garrafa para fazer a junção do NORTE e SUL, bebendo-a em seguida. Faça isso pela manhã em jejum e ao deitar-se.

Conclusão

   O tratamento magnetoterapico, não dispensa o acompanhamento médico,mas ajuda nos tratamentos convencionais a abreviar as doenças e trazer o equilíbrio mais rapidamente. Nunca substitua a orientação médica quando tiver alguma dúvida. Países desenvolvidos já a usam e atestam seus excelentes resultados. Ao tratar-se usando essas terapias nunca espere resultados imediatos, pois elas respeitam o seu organismo,e doenças que demoraram semanas ou meses para se instalarem não vão melhorar de um dia para o outro.

Tenha sempre fé e persistência que alcançará seus objetivos.

Dr. Luciano Stancka e Silva, Médico



Outros Artigos

Astaxantina: alguns a chamam de o melhor antioxidante do mundo – protege os olhos, o cérebro e previ

Astaxantina: alguns a chamam de o melhor antioxidante do mundo – protege os olhos, o cérebro e previne as rugas

Ler mais

Magnésio Tipos de...

Tipos de mágnésio

Ler mais

KEFIR Os Inúmeros Benefícios do Probiótico

Os Inúmeros Benefícios do Probiótico Kefir    

Ler mais

SiliciuMax

SiliciuMax®

Ler mais

Vitaminas, sua falta, causam Depressão e Transtornos de Humor

Carências Nutricionais que Causam Depressão e Transtornos de Humor  

Ler mais

Vitamina D e depressão

A deficiência de vitamina D e a depressão  

Ler mais