Vitamina D na neuropatia diabética periférica dolorosa

Níveis baixos de vitamina D na neuropatia diabética periférica dolorosa

Níveis mais baixos de vitamina D (25-hidroxivitamina D) foram observados em pacientes com neuropatia periférica diabética (NPD) dolorosa quando comparados com pacientes com NPD sem dor, pacientes com diabetes sem neuropatia e pessoas saudáveis, mostrou um estudo único por seu controle rigoroso por exposição sazonal a luz solar e atividade física.

"Esta é a primeira vez que um estudo foi corrigido para esses fatores de confusão (luz solar e atividade física). Os resultados têm grande significado clínico, porque a NPD dolorosa causa muito incômodo e incapacidade", disse o autor, o Dr. Solomon Tesfaye, endocrinologista do Royal Hallamshire Hospital, em Sheffield (Reino Unido), que discutiu os resultados com o Medscape em entrevista.

Não só os estudos anteriores não conseguiram controlar de forma adequada a exposição solar sazonal e a atividade física, que têm um impacto significativo nos níveis de vitamina D, como também a maioria não diferenciou entre pessoas com NPD dolorosa e sem dor. Além disso, esses estudos anteriores careciam de avaliação detalhada da neuropatia periférica, incluindo a mensuração da densidade nervosa intra-epidérmica da pele.

"Os resultados são importantes porque abrem toda uma nova área de pesquisa", afirmou o Dr. Tesfaye.

 

"É um transtorno muito comum, com 25% dos pacientes com NPD apresentando dor, muitos dos quais não são diagnosticados e sofrem em silêncio porque acreditam que é apenas parte do processo de envelhecimento", explicou.

Ele acrescentou que o pequeno estudo nasceu de achados anedóticos de que suplementos ou injeções de vitamina D administradas em pacientes com NPD dolorosa melhoraram a dor.

O artigo foi publicado on-line em 13 de agosto em Diabetic Medicine.

Diferenciação entre NPD dolorosa e sem dor

No total, 45 europeus brancos com diabetes tipo 2 e 14 voluntários saudáveis participaram no estudo. Aqueles com diabetes tipo 2 foram então divididos outros em três grupos (17 com NPD dolorosa, 14 com NPD indolor e 14 sem NPD).



Outros Artigos

Omega 3 e Ansiedade

Ácidos graxos ômega-3 alteram gravidade dos sintomas de ansiedade, publicado pelo JAMA Psychiatry quinta-feira, 20 de setembro de 2018

Ler mais

Sucupira Cuidado

Ler mais

Dieta de Atkins

Dieta Atkins - como fazer e alimentos permitidos

Ler mais

Dieta Low Carb

Como fazer a Dieta Low Carb

Ler mais

Minerais e sua importancia

MINERAIS QUELATOS MINERAL DE ALTA ABSORÇÃO     Também chamados de minerais orgânicos, minerais quelatados ou mineral amino&

Ler mais

Zinco e imunidade

Efeito do zinco aminoácido quelato e sulfato de zinco na incidência de infecção respiratória e diarreia em

Ler mais