Medicamentos antigos são melhores e mais baratos do que os novos lançamentos.



Segundo um novo estudo, casos em que um medicamento recém-aprovado é mais eficaz do que alternativas mais baratas já disponíveis são excepções, e não a regra, avança o HypeScience.

Pesquisas realizadas em 39 especialidades farmacêuticas lançadas no mercado alemão em 2009 e 2010 mostram que frequentemente havia dados insuficientes sobre a eficácia de um medicamento quando a sua aprovação foi concedida.

Os cientistas explicam que, legalmente, o processo de licenciamento de um fármaco nunca obrigou que houvesse comparação directa de dados entre um novo medicamento e um já disponível no mercado.

As avaliações dos investigadores mostram que cerca de metade das aprovações de medicamentos se baseou em estudos que compararam a nova droga em relação a um placebo, e não um medicamento comparativo eficaz.

Isto pode dar origem a uma margem de interpretação sobre os preços quando novos medicamentos são comercializados. Além disso, os investigadores não descartam também a possibilidade de que esses novos remédios mais caros sejam na verdade inferiores às alternativas já existentes no mercado.


Fonte: RCMPHARMA



Outras Notícias

Facebook Conheça nossa pagina

Estamos no Facebbok , matérias, dicas, assuntos interessantes,  nos acompanhe... Procure "Clinica Stancka"   clique em  "Curtir" Muita Saú

Ler mais

Dieta de dois dias

Ler mais

Colesterol, a Mentira da Industria

 Colesterol a Mentira da Industria

Ler mais

Mente+Corpo+Coração = SAÜDE

Mente+Corpo+Coração = SAÜDE  

Ler mais

OMEGA3 E CANCER ??????LEIAM??????????????

Cápsulas de ômega-3 aume

Ler mais

Remédio usado para emagrecer pode cegar.

Relatório do FDA (Food and Drugs Administration), ag&ecir

Ler mais