CAMPOS ELETROMAGNÉTICOS X STRESS



    Todos nós que vivemos nas grandes cidades estamos submetidos as mais variadas formas de stress, que é uma das principais causas de doenças e desequilíbrios da vida moderna.

    A melhor definição para o stress é de uma reação do organismo a qualquer situação que represente um desafio e produza inquietude. É uma síndrome de adaptação do organismo frente às situações que envolvam mudanças. O o indivíduo sob efeito de constantes pressões tem dificuldade em lidar com as exigências que a vida lhe impõe, o que leva a avaliar mal o esforço a ser despendido frente às dificuldades que venham a aparecer, gerando um tipo de estado de constante "Alerta".

    O stress atinge desde os executivos e profissionais que exercem cargos de responsabilidade, até a dona de casa, as crianças e os aposentados, tendo dessa forma, acometendo a toda a sociedade atual.

    A correria do dia a dia, o trânsito, a alta competitividade nas relações sociais e de trabalho, a insegurança, as notícias negativas que nos bombardeiam constantemente, elevam significativamente o nível de stress.


Desenvolvemos sintomas típicos como :

1 - Alta irritabilidade com as pessoas a nossa volta, e em situações triviais, como discussões bobas com a esposa, filhos, colegas de trabalho, vizinhos, trânsito etc.

2 - Impaciência, perante situações do cotidiano, desenvolvendo sintomas como: insônia, falta de apetite, preocupações constantes, e excesso de pensamentos.

3 - Uma sensação de cansaço físico e mental, sentindo muito mais o "peso" do dia, que desmotiva para as atividades sociais e inter-relacionamentos.

4 - Falta de concentração, queixas de esquecimento e diminuição da criatividade.

5 - Observamos uma nítida queda da libido sexual, com significativa diminuição da atividade sexual.

6 - Sintomas físicos como: hipertensão arterial, gastralgias, úlceras gástricas, ciatalgia, cefaléias, rigidez de ombros, queda da imunidade e recorrência de gripes, herpes e distúrbios psicossomáticos.

7 - Há um aumento de luxações, distensões musculares e até mesmo fraturas ósseas, em indivíduos que atravessam momentos de muita tensão. Acidentes de todos os tipos costumam a acontecer quando estamos sendo muito exigidos ou pressionados.

    Dessa forma, é de extrema importância tomarmos certas atitudes para gerenciar o stress, pois se não podemos terminar com ele, pelo menos devemos enfrentá-lo de uma maneira mais saudável.

    Para isso é preciso mudarmos de atitude e de comportamento frente à vida, e incorporarmos hábitos saudáveis no dia a dia.

Mude suas regras de vida:

1- Inclua em sua rotina alguma atividade física regular.

    Dê preferência àquela que lhe dá prazer, pois o exercício físico desprovido de prazer, feito por obrigação, não gera em boas perspectivas de continuidade.

    Pessoas agitadas e impulsivas preferem atividades dinâmicas, para descarregar seu excesso de energia tipo; futebol, corridas, aeróbica e lutas.

    Pessoas tímidas se identificam mais com práticas solitárias como caminhadas, musculação, Tai Chi.

    As atividades físicas fazem com o que o corpo libere uma substância chamada de Endorfina, que dá uma sensação de prazer, euforia e um enorme bem-estar físico e mental.


2- Meditação é o outro extremo para o equilíbrio.

Todos os dias reserve pelo menos 20 minutos para sua mente.

    Sente-se confortavelmente em uma poltrona, evite deitar, pois isto facilitaria o sono, e você não vai dormir, e sim fazer um exercício mental:

   Feche os olhos, e concentre sua atenção em sua respiração,

   Sentindo o ar entrar e sair de seus pulmões

    Procure não pensar em mais nada, somente sinta o ar entrando e saindo de seus pulmões. Faça isso por uns 15 a 20 minutos, se possível duas vezes ao dia, de preferência todos os dias .

    Esse exercício está sendo usado nos maiores centros médicos mundiais como uma alternativa para diminuir dores, controlar a hipertensão, e quadros de stress. Tenho usado regularmente em minha clinica com os pacientes, e observamos nos que os fazem, uma melhora nítida dos sintomas mórbidos, em curto espaço de tempo.

    Mas são aquelas pessoas que realmente não conseguem relaxar, ou mesmo parar alguns minutos do dia, pois já extrapolaram seus limites, é que apresentam sintomas como alta ansiedade, depressão, pânico.

    Nestes casos, o uso de campos eletromagnéticos mostra-se muito útil, ajudando a pessoa a "parar" e conseguir gerar estados meditativos, que em poucos minutos, apresentam resultados significantes.

    Estudos comportamentais desenvolvidos nos últimos anos, demonstram a grande eficácia de campos eletromagnéticos para produzir estados alterados de consciência, que geram uma maior energia psíquica, levando a uma melhora da saúde física e mental.

    Pessoas sob campos magnéticos alternados na ordem de 600 Gauss, após 10 a 15 minutos, passam a gerar ondas alpha em seus ritmos cerebrais, o que é extremamente benéfico para a recuperação do corpo e da mente, sentindo uma intensa sensação de vigor e bem estar em poucos minutos.

    Temos observado o mesmo com raios infravermelhos longos, que facilitam a sensação de relaxamento, e ondas alpha.

    As explicações para isso é que tanto o campo magnético, como o infra-vermelho longo, estimulam uma microvasodilatação periférica, e um aumento significativo no relaxamento da musculatura do corpo, levando rapidamente a estados de profundo bem estar.

    O infra-vermelho longo atua na circulação do corpo irrigando melhor o cérebro, que responde com uma maior produção de neurotransmissores cerebrais equilibrando a produção débil de outrora, massificado pelo stress.

    Acontece também, uma melhor oxigenação dos tecidos, que aumentam a atividade metabólica basal, e em consequência, a sensação de energia do organismo.

    O processo de cicatrização é incrementado, há um aumento na eliminação de toxinas, o sistema imunológico se fortalece, promovendo profundas mudanças no corpo.

    Em poucas sessões (em torno de 5 a 10, de 30 a 45 minutos cada), observa-se mudanças na vitalidade, energia e qualidade de vida, deixando a pessoa apta a continuar por conta própria, sua jornada de saúde e melhor qualidade de vida.

    Repetimos periodicamente algumas séries de sessões como uma forma de manter os resultados obtidos e, é claro, incrementar novos hábitos como descrevo a seguir.

3- Sono

    Procure manter horários regulares para dormir e acordar, pois seu corpo se prepara para essas situações, e mudanças geram confusão no equilíbrio biológico.

4- Alimentação

    Procure comer em horários regulares, respeitando o relógio biológico de seu corpo, tomando muito cuidado com a qualidade daquilo que come. Prefira saladas, legumes, grelhados, frutas, a massas, frituras, e doces. Beba bastante água todos os dias, em torno de 2 a 3 litros.

5- Músicas

    Pratique o hábito de ouvir músicas relaxantes, principalmente quando se encontra preso em um engarrafamento no trânsito, e em sua casa, escolha músicas tipo new age, que promovam mudanças em nossos padrões cerebrais.

6- Vitaminas

    Aumente sua ingestão de vitamina C para 1 grama ao dia, e de vitamina E para 400 UI diariamente, pois as mesmas são poderosos antioxidantes e auxiliam nosso organismo nas agressões do stress.


   

   Resumindo: faça pequenas mudanças na forma e estrutura da vida que vinha levando, não esquecendo de cultivar suas amizades, entrar em contato com a natureza, fazer uma caminhada  em trilha na mata, seja menos preocupado com os problemas, resolva-os um de cada vez à medida em que eles forem surgindo. Tenha fé em tudo que você fizer, sentindo-se em comunhão com todas as coisas à sua volta.

    Não se importe tanto com que os outros pensam.

    Tenha sempre a liberdade de "ser" você mesmo...





Outros Artigos

Astaxantina: alguns a chamam de o melhor antioxidante do mundo – protege os olhos, o cérebro e previ

Astaxantina: alguns a chamam de o melhor antioxidante do mundo – protege os olhos, o cérebro e previne as rugas

Ler mais

Magnésio Tipos de...

Tipos de mágnésio

Ler mais

KEFIR Os Inúmeros Benefícios do Probiótico

Os Inúmeros Benefícios do Probiótico Kefir    

Ler mais

SiliciuMax

SiliciuMax®

Ler mais

Vitaminas, sua falta, causam Depressão e Transtornos de Humor

Carências Nutricionais que Causam Depressão e Transtornos de Humor  

Ler mais

Vitamina D e depressão

A deficiência de vitamina D e a depressão  

Ler mais