Pregnenolona

                  

         Já que o DHEA é chamado "pai" dos hormônios, a Pregnenolona,
         por dar origem ao DHEA, seria a "avó dos hormônios". 

         Pregnenolona é um hormônio que é essencial para o funcionamento apropriado de todas nossas funções mentais.
           E, com idade, a Pregnenolona diminui espetacularmente, conduzindo aos efeitos degradantes do envelhecimento.
           A Pregnenolona é o precursor de todos os hormônios esteróides naturais incluindo a cortisona, a testosterona, o
           estrógeno, a progesterona, DHEA, e outras, dando-lhe uma variedade ampla de benefícios para a saúde.
           A suplementação com Pregnelona foi um tratamento acertado para o tratamento de doenças relacionadas com a
           idade, tais como a dor de artrite. Os estudos sugerem que a Pregnenolona é essencial para a função completa do
           cérebro.

          
           Acredita-se, pela importância dos estudos da Pregnenolona, que, no futuro, a Terapia de Reposição
           da Pregnenolona será tão comum como hoje é a reposição de Estrogênio na menopausa

  
         Ação:
           >>> o composto mais potente para aumentar a memória;
           >>> melhora a performance mental;
           >>> facilita a aprendizagem;
           >>> facilita a adaptação ao stress;
           >>> aumenta o sentimento de bem-estar e provoca um sentimento de maior apreciação
                    pela vida;
           >>> aumenta a concentração;
           >>> previne a fadiga mental;
           >>> aumenta a produtividade;
           >>> melhora a coordenação psicomotora;
           >>> ajuda a prevenir depressões; 


         Resumidamente, a pregnenolona mantém o cérebro a funcionar na sua capacidade máxima.
         assume um papel muito importante na disposição, energia, menopausa, reposição hormonal e
         imunidade.
        
         No corpo humano a pregnenolona é produzida em muitos locais sendo os mais comuns as glândulas
         adrenais, fígado, pele, ovários e testículos.
..Laboratorialmente, a pregnenolona é produzida
           por conversão de Diosgenin
.

        
        
A pregnenolona pode ser facilmente convertida em DHEA que depois é convertido em
           androgenos, estrógenos e outros esteróides.

         Esta molécula tem a capacidade de formar outros hormônios "tias" como a progesterona.
         Resultados promissores mostram a pregnenolona como uma alternativa para a substituição de:
         >> lupus;
- é uma doença rara, mais freqüente nas mulheres do que nos homens, provocada por um desequilíbrio
                 do sistema imunológico. No lúpus, a defesa imunológica se vira contra os tecidos do próprio organismo como
                 pele, articulações, fígado, coração, pulmão, rins e cérebro.

         >> depressão pós-parto;
         >>
estrogênio - problemas menstruais - menopausa;
         >>
artrites e reumatismo; - em virtude do seu efeito regulador sobre a atividade das glândulas
              córtico-supra-renais, e para aliviar a dor e outros sintomas associados à artrite reumatóide:
              vários estudos realizados em 1950 mostraram a eficácia de dosagens orais de 100 a 500 mg de
              Pregnenolona por dia.

         >> diabetes;
         >> melhoramento do sistema imunitária;
         >> insônias e desordens do sono;
         >>
inibição de tumores - fibromialagia - danificação de nervos;
         >>
depressão clínica - desordens de humor - stress -  ansiedade - sintoma crônico de fadiga

         No entanto, tudo isto é apenas a ponta do icebergue sendo necessários muitos anos de pesquisa
         para descobrir as verdadeiras potencialidades da pregnenolona.

         A pregnenolona apresenta um papel fundamental na memória:

         >>> ajuda a manter o programa das células do cérebro necessárias no armazenamento e
                recuperação da memória de curto prazo;

         >>> inicia o processo de armazenamento de memória estimulando a enzima adenilate ciclase que é
                necessária para regular e ativar outras enzimas críticas requeridas para a energia celular;

         >>> regula o tempo de voo sequencial dos iões cálcio através da célula. A troca de iões cálcio tem
               uma grande importância e pode determinar como a memória é traduzida pelos neurónios;

         >>> modela reações química, ativação de genes, ligação de cálcio a proteínas e a distribuição
               intracelular de compostos e reações enzimáticas envolvendo o armazenamento e recuperação
               da memória;

         >>> aumenta a sensação de bem estar e melhora o humor reduzindo a depressão e combatendo os
               efeitos do stress;
        

         Finalmente, a Pregnenolona, em virtude do seu lugar específico "a montante" da DHEA e da
         Progesterona, é cada vez mais utilizada para harmonizar os tratamentos hormonais naturais de
         substituição e permitir obter os resultados esperados com dosagens mais fracas provenientes de
         suplementos mais diversificados.

           

         Apresentação das Caracteristicas Químicas
          
Esteróide com 21 carbonos derivado do COLESTEROL e encontrada nos tecidos produtores de
           hormônio esteróide. A pregnenolona é a precursora dos HORMÔNIOS ESTERÓIDES GONADAIS dos
          CORTICOSTERÓIDES da supra-renal.

          Quanto se pode tomar? 
          Alguns peritos acreditam que 30 mg de pregnenolona, dependendo da idade, sexo e outros fatores, 
          pode ser uma quantidade razoável para tomar



Outros Artigos

Astaxantina: alguns a chamam de o melhor antioxidante do mundo – protege os olhos, o cérebro e previ

Astaxantina: alguns a chamam de o melhor antioxidante do mundo – protege os olhos, o cérebro e previne as rugas

Ler mais

Magnésio Tipos de...

Tipos de mágnésio

Ler mais

KEFIR Os Inúmeros Benefícios do Probiótico

Os Inúmeros Benefícios do Probiótico Kefir    

Ler mais

SiliciuMax

SiliciuMax®

Ler mais

Vitaminas, sua falta, causam Depressão e Transtornos de Humor

Carências Nutricionais que Causam Depressão e Transtornos de Humor  

Ler mais

Vitamina D e depressão

A deficiência de vitamina D e a depressão  

Ler mais