Finasterida e Mulheres

O PERIGO DA FINASTERIDA PARA MULHERES

Por Claudia Grycak

 

Hoje, infelizmente, com todo o controle que existe, ainda é possível se comprar medicamentos sem prescrição médica, até pela internet você consegue comprar medicamentos controlados no chamado “mercado negro”. Bisbilhotando pela internet, localizei alguns sites que vendem finasterida on-line, e um deles, incentiva as mulheres a tomarem o remédio, com a promessa do fim da alopécia, colocando até fotos do antes e o depois.  Fiquei indignada, como podem fazer promessas com uma medicação que é contra-indicada para mulheres?

A finasterida é utilizada no tratamento da hiperplasia da próstata,ou seja, homens que estão com a  próstata aumentada, por diversos motivos. Mas ao se constatar que um dos principais efeitos colaterais do remédio é o crescimento de pêlos, o remédio se transformou no comprimido preferido de nove entre dez calvos, e em 1997 foi aprovado o uso de comprimidos de 1mg para tratamento de queda de cabelos em homens, isso mesmo em HOMENS.

Na bula da finasterida 1 mg, de qualquer laboratório farmacêutico, você vai encontrar praticamente as mesmas informações aos pacientes:

” A finasterida é utilizada no tratamento da calvície padrão masculino, para aumentar o crescimento capilar no couro cabeludo e prevenir a queda adicional do cabelo”

” A finasterida é indicada no tratamento de homens com calvície”

” A finasterida é contra-indicada em crianças e mulheres em geral, independente da condição de gravidez”

A medicação inibe a conversão da testosterona em dihidrotestosterona, por isso  não é indicada para mulheres, porque pode causar anormalidades na genitália externa em fetos do sexo masculino e outras anomalias.

Os fabricantes em suas bulas citam até o cuidado que mulheres devem ser ao manusear os comprimidos esfarelados ou quebrados, pois a finasterida pode ser absorvida.  Para se ter uma idéia, em fevereiro de 2002, a Anvisa, por meio de um parecer técnico da CATEC (Câmara Técnica de Cosméticos), proibiu o uso da finasterida na composição de cosméticos, porque o uso tópico ou oral tem os mesmos efeitos colaterais.

Nenhum medicamento deve ser consumido sem orientação médica, verifique sempre com o seu médico os prós e os contras de qualquer medicação,  até que ponto é viável correr os riscos que uma medicação pode trazer.



Outros Artigos

Omega 3 e Ansiedade

Ácidos graxos ômega-3 alteram gravidade dos sintomas de ansiedade, publicado pelo JAMA Psychiatry quinta-feira, 20 de setembro de 2018

Ler mais

Sucupira Cuidado

Ler mais

Dieta de Atkins

Dieta Atkins - como fazer e alimentos permitidos

Ler mais

Dieta Low Carb

Como fazer a Dieta Low Carb

Ler mais

Minerais e sua importancia

MINERAIS QUELATOS MINERAL DE ALTA ABSORÇÃO     Também chamados de minerais orgânicos, minerais quelatados ou mineral amino&

Ler mais

Zinco e imunidade

Efeito do zinco aminoácido quelato e sulfato de zinco na incidência de infecção respiratória e diarreia em

Ler mais