O CENTÉSIMO MACACO



    Havia um arquipélago no Pacífico povoado apenas por macacos. Eles se alimentavam de raízes que tiravam da terra. Um dia, não se sabe por que, um desses macacos lavou as raízes antes de comer. Os outros o observaram, intrigados, e começaram a imitá-lo.

    Quando o centésimo macaco lavou a sua raiz, todos os macacos das outras ilhas começaram a lavar suas raízes antes de comer. O mais impressionante é que não havia nenhuma comunicação entre as ilhas.

     Essa história real, exemplifica uma teoria criada pelo fisiologista inglês Rupert Sheldrake, denominada teoria dos campos morfogenéticos. Ela diz que todo átomo, molécula, célula ou organismo que existe gera um campo organizador invisível e ainda não detectável por qualquer instrumento, exceto por organismos biológicos, que afeta todas as unidades desse tipo.

    Assim, sempre que um membro de uma espécie aprende um comportamento, e esse comportamento é repetido vezes suficiente, o tal campo é modificado e a modificação afeta a espécie por inteiro, mesmo que não haja formas convencionais de contato entre seus membros. Isso explica porque todos os macacos do arquipélago de repente começaram a lavar suas raízes, sem que houvesse comunicação entre as ilhas.

    O mesmo tipo de experiência pode ser observada em ratos que após um deles ter aprendido o caminho de um labirinto até o alimento, e repetir o feito algumas vezes, faz com que os outros ratos colocados no mesmo tipo de labirinto façam o percurso sempre em um tempo menor que o primeiro.

    Observe a importância da Teoria Morfogenética, as suas implicações sobre todos nós que criam repercussões absolutamente fantásticas .Podemos pensar que, se repetirmos determinados comportamentos que consideramos importantes, como atitudes positivas, pensamentos de saúde, amor ao próximo, por exemplo, por um número suficiente de vezes, e se a quantidade de pessoas que assim procederem atingirem uma certa massa crítica, esse comportamento poderá ser desencadeado na população como um todo.

  Infelizmente, o inverso também é verdadeiro.

    Comportamentos indesejáveis, violentos, anti-sociais, a prática da corrupção, aumentam cada vez mais e tomando aspectos calamitosos nos nossos dias, contaminando cada vez mais e mais pessoas...

    Isso nos remete à uma coisa simples, porém fundamental: a melhor forma de modificar o mundo, e as outras pessoas é primeiramente nos modificarmos.

    Com a mudança do nosso comportamento e assumindo as atitudes que julgamos corretas e que queremos que sejam praticadas pelos outros, estaremos modificando quem nos vê, pelo exemplo, e quem não nos vê, e que está distante e sem comunicação conosco, pela ressonância que se estabelece entre o nosso Campo Morfogenético e o de todos os indivíduos semelhantes a nós.

     Dessa forma, podemos ver de uma maneira científica um antigo ensinamento de um homem que marcou sua época, quando ele dizia:

    Faça ao seu semelhante aquilo que gostaria que lhe fizessem...

    Vamos mudar nosso mundo, comece agora....




Outros Artigos

Astaxantina: alguns a chamam de o melhor antioxidante do mundo – protege os olhos, o cérebro e previ

Astaxantina: alguns a chamam de o melhor antioxidante do mundo – protege os olhos, o cérebro e previne as rugas

Ler mais

Magnésio Tipos de...

Tipos de mágnésio

Ler mais

KEFIR Os Inúmeros Benefícios do Probiótico

Os Inúmeros Benefícios do Probiótico Kefir    

Ler mais

SiliciuMax

SiliciuMax®

Ler mais

Vitaminas, sua falta, causam Depressão e Transtornos de Humor

Carências Nutricionais que Causam Depressão e Transtornos de Humor  

Ler mais

Vitamina D e depressão

A deficiência de vitamina D e a depressão  

Ler mais