Omega 3 + Vitamina B e o Cerebro

Foi publicado no dia 15 de abril um artigo interessante na revista The American Journal of Clinical Nutrition (clique aqui para ver na íntegra) a respeito da importância de vitaminas do complexo B e bons níveis de ômega-3 na atrofia cerebral. Segue o resumo do trabalho:

Atrofia do cérebro em idosos cognitivamente prejudicados: a importância de ácidos graxos de cadeia longa ω-3 e status de vitamina B em estudo randomizado controlado. Autores: Jernerén F, Elshorbagy AK, Oulhaj A, Smith SM, Refsum H, Smith AD.

Resumo:
TEMA: O aumento de taxas de atrofia cerebral são comuns em pessoas idosas e pessoas com comprometimento cognitivo, particularmente naquelas que, eventualmente, apresentam a doença de Alzheimer. As concentrações plasmáticas de ácidos graxos ômega-3 (ω-3) e de homocisteína estão associadas com o desenvolvimento de atrofia cerebral e demência.

OBJETIVO: Nós investigamos se as concentrações plasmáticas de ácidos graxos ω-3 (ácido eicosapentaenoico e ácido docosaexaenoico) modificam o efeito do tratamento de redução de homocisteína através de vitaminas do complexo B em taxas de atrofia cerebral, em um estudo controlado por placebo (VITACOG).

PROJETO: Esta análise retrospectiva incluiu 168 idosos (≥70 anos) com comprometimento cognitivo leve, divididos aleatoriamente em grupo placebo (n = 83) e grupo suplementado com alta dose de vitamina B (ácido fólico, 0,8mg; vitamina B-6, 20mg; vitamina B-12, 0,5mg) (n = 85), diariamente. Os indivíduos foram submetidos a exames de ressonância magnética de crânio no início e 2 anos mais tarde. O efeito da intervenção foi analisado de acordo com as concentrações do ácido graxo ω-3 dos tercis na linha de base.

RESULTADOS: Houve uma interação significativa (P = 0,024) entre o tratamento de vitamina B combinados com os níveis basais de ácidos graxos ω-3 (ácido eicosapentaenoico e docosaexaenoico) sobre as taxas de atrofia cerebral. Em indivíduos com ácidos graxos ω-3 basais altos (> 590 mmol/L), o tratamento com vitamina B diminuiu a taxa média de atrofia em 40,0%, em comparação com placebo (P = 0,023). O tratamento vitamina B não teve nenhum efeito significativo sobre a taxa de atrofia entre indivíduos com baixos níveis de ácidos graxos ω-3 na linha de base (<390 mmol/L). Elevados níveis de ácidos graxos ω-3 basais foram associados com uma taxa mais lenta de atrofia do cérebro em conjunto com a vitamina B, mas não no grupo placebo.

CONCLUSÕES: O efeito benéfico do tratamento com vitamina B sobre a atrofia cerebral foi observado apenas em indivíduos com ácidos graxos ω-3 plasmáticos elevados. Sugere-se também que o efeito benéfico de ácidos graxos ω-3 sobre a atrofia cerebral pode ser confinada a indivíduos que possuem boas taxas de vitamina B. Desta maneira, destaca-se a importância de identificar subgrupos susceptíveis à atrofia cerebral e demência para que os mesmos possam ser beneficiados com os resultados do ensaio clínico



Outros Artigos

Som Bineural Arrastamento de Ondas Cerebrais Sons Puros

Esse aasunto é de extrema importancia e deve ser  USADO , PRATICADO , TODOS OS DIAS ...

Ler mais

Sons Bineurais Equilibre sua Mente , Ajude seu tratamento ... Sons Especiais

Ouvir música é uma experi&eci

Ler mais

Consulta médica Vs Exames e Laboratório

Ler mais

Oxigenoterapia + ILIB +Ozonioterapia Auricular = Saúde Força e Equilibrio

Oxigenoterapia + ILIB +Ozonioterapia Auricular =  Saúde Força e Equilibrio Existem várias variações para a aplicação

Ler mais

Suplemento de cálcio aumenta risco de ataque cardíaco, diz estudo.

Suplemento de cálcio aumenta risco de ataque cardíaco, diz estudo.

Ler mais

Terapia de Modulação Hormonal

Terapia de Modulação Hormonal Hormô

Ler mais